Lena Valenti - El libro de la sacerdotisa / O livro da sacerdotisa libro 2 / livro 2

Postado por Gláucia

Verdadeiro ou falso? No amor e na guerra tudo é permitido…
Quando Ruth chegou a Londres mês e meio atrás para visitar sua melhor amiga, Aileen, nunca se imaginou que se veria envolta numa guerra entre seres ancestrais criados pelos deuses Vanir e Aesir. depois de um tempo amoldando-se a sua nova realidade, os traumas e as vozes do passado retornaram para atormentá-la e, pouco a pouco, estão-lhe roubando a razão. Mas tem uma oportunidade para encontrar-se e saber quem é ela realmente, e não duvidará em tomá-la, embora isso a ponha em mãos de um berserker moreno e taciturno que não acredita em nada do que ela representa.
Fazia mês e meio que Adam não dormia. Seus sonhos estavam infestados de sangue, morte e escuridão, e no centro daqueles pesadelos só havia uma culpada. Uma mulher de cabelo vermelho e olhos dourados. Uma humana que não é quem diz ser: Ruth. Por isso, quando ela quebra a ordem de não retornar a suas terras e volta para o Wolverhampton, ele não duvidará em lhe dar caça e detê-la, embora isso implique voltar-se louco e manter seus instintos mais selvagens contidos.

Adam quer desmascará-la, mas, em um jogo de vontades, descuido e desejos, a quem cairá a primeiro máscara? Ao lobo ou à jaqueta? Vêm tempos de caça no Midgard. O Ragnarök ensina as presas.

¿Verdadero o falso? En el amor y en la guerra todo está permitido…
Cuando Ruth llegó a Londres mes y medio atrás para visitar a su mejor amiga, Aileen, nunca se imaginó que se vería envuelta en una guerra entre seres ancestrales creados por los dioses Vanir y Aesir. Después de un tiempo amoldándose a su nueva realidad, los traumas y las voces del pasado han regresado para atormentarla y, poco a poco, le están robando la razón. Pero tiene una oportunidad para encontrarse y saber quién es ella realmente, y no dudará en tomarla, aunque eso la ponga en manos de un berserker moreno y taciturno que no cree en nada de lo que ella representa.
Hacía mes y medio que Adam no dormía. Sus sueños estaban plagados de sangre, muerte y oscuridad, y en el centro de aquellas pesadillas sólo había una culpable. Una mujer de pelo rojo y ojos dorados. Una humana que no es quien dice ser: Ruth. Por eso, cuando ella quebranta la orden de no regresar a sus tierras y vuelve a Wolverhampton, él no dudará en darle caza y detenerla, aunque eso implique volverse loco y mantener sus instintos más salvajes a raya.
Adam quiere desenmascararla, pero, en un juego de voluntades, desidia y deseos, ¿a quién se le caerá la máscara primero? ¿Al lobo o a la cazadora? Vienen tiempos de caza en el Midgard. El Ragnarök enseña los colmillos.




Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...