Resenha e Casting para série - Kiera Cass - A Seleção

Postado por Gláucia






Para trinta e cinco garotas, a “Seleção” é a chance de uma vida. Num futuro em que os Estados Unidos deram lugar ao Estado Americano da China, e mais recentemente a Illéa, um país jovem com uma sociedade dividida em castas, a competição que reúne moças entre dezesseis e vinte anos de todas as partes para decidir quem se casará com o príncipe é
a oportunidade de escapar de uma realidade imposta a elas ainda no berço. É a chance de ser alçada de um mundo de possibilidades reduzidas para um mundo de vestidos deslumbrantes e joias valiosas. De morar em um palácio, conquistar o coração do belo príncipe Maxon e um dia ser a rainha. Para America Singer, no entanto, uma artista da casta Cinco, estar entre as Selecionadas é um pesadelo. Significa deixar para trás Aspen, o rapaz que realmente ama e que está uma casta abaixo dela. Significa abandonar sua família e seu lar para entrar em uma disputa ferrenha por uma coroa que ela não quer. E viver em um palácio sob a ameaça constante de ataques rebeldes. Então America conhece pessoalmente o príncipe. Bondoso, educado, engraçado e muito, muito charmoso, Maxon não é nada do que se poderia esperar. Eles formam uma aliança, e, aos poucos, America começa a refletir sobre tudo o que tinha planejado para si mesma — e percebe que a vida com que sempre sonhou talvez não seja nada comparada ao futuro que ela nunca tinha ousado imaginar.

Para treinta y cinco chicas, la Selección es la oportunidad de su vida. La oportunidad de escapar de la vida establecida para ellas desde su nacimiento. De ser arrastradas a un mundo de vestidos brillantes y joyas de valor incalculable. De vivir en un palacio y competir por el corazón del atractivo Príncipe Maxon. Pero para America Singer, ser Seleccionada es una pesadilla. Eso significa darle la espalda a su amor secreto con Aspen, que está en una casta por debajo de ella. Dejar su casa y entrar en una competencia feroz por una corona que no quiere. Vivir en un palacio amenazado por constantes ataques de rebeldes violentos. Entonces America conoce al Príncipe Maxon. Poco a poco, empieza a cuestionar todos los planes que ha hecho para sí misma, y se da cuenta que la vida que siempre ha soñado puede no compararse con un futuro que nunca imanó.


INFORMAÇÕES

ISBN: 9788565765015
EDITORA: Editora Seguinte
PÁGINAS:368
ANO DE LANÇAMENTO: 2012

COMPRAR

♥ Extra
♥ Saraiva
♥ Fnac
♥ Compare Preços

NOTA






RESENHA (Sem Spoilers)

Eu sabia que isso poderia acontecer! Aliás, eu tinha certeza! Já havia comentado o meu medo de ler um livro com a data de lançamento de seu segundo volume em uma data muito distante.  aiai...
As notas no skoob estão corretas! Ultimamente, só estou lendo livros 5 estrelas! Uaaal! Que beleza!

Este livro é uma fofura, pessoal! Comecei ontem à noite e terminei hoje! A leitura é fácil e envolvente. E agora o que eu faço? O próximo lançamento será somente em  abril de 2013. Isso me deixa triste porque fiquei com vontade de ler a continuação e terei que esperar uma eternidade!
Teremos aí um piloto gravado pela CW. Parece que vem uma série aí, minha geeennte! Eles tinham desistido para dar lugar a outras séries, porém analisaram e querem dar uma oportunidade. A lista inicial de alguns atores que interpretariam as personagens são:

Aimee Teegarden seria America Singer














Leonor Varela seria a Rainha Amberly












Ethan Peck seria Prince Maxon












William Moseley seria  Aspen Leger (com esse Aspen eu mandaria Maxon "catar coquinho" rs)












Elise Gatien seria May Singer












Vamos lá!
Antes de começar, preciso informar que o início do livro me lembrou Jogos Vorazes, mas depois vi que não tinha nada a ver.

O livro A Seleção trata de uma sociedade dividida em castas. Onde são no total oito. A mais pobre, é a casta oito, onde vivem os mendigos. A mais rica e onde encontra-se o palácio é a número 1. Cada uma delas possui uma característica especial. As pessoas da seis, por exemplo, são as responsáveis ou possuem o "dom" da limpeza.

As da cinco, são os artistas. E aí é que entra America. Ela é da casta cinco.

Ela está apaixonada por um rapaz de uma casta mais pobre e têm encontros às escondidas, já que é proibido. Existe toda uma regra a ser seguida, mas em nome do amor, América e Aspen preferem lidar com qualquer problema que surja por causa disso.

Porém, neste ano o príncipe precisará encontrar um esposa e a partir disso são selecionadas 35 meninas que ficarão no castelo, o tempo que for necessário para que o príncipe Maxon possa escolher a preferida.

América é encorajada pela família a participar da seleção. E seu namorado apoia a causa já que "não custa tentar", uma vez que ele não poderá dar a ela a chance de uma vida que ela merece.

Ela aceita e se inscreve entre milhares de outras meninas de todas as partes do país.

Após um acontecimento no livro (que eu não falarei), Aspen termina o relacionamento com América alegando que ele não poderá nunca dar a ela um vida digna mesmo a amando. Obviamente, ela fica arrasada - tadinha. E para completar, neste mesmo dia sai a convocação das 35 meninas e ela está entre elas (ninguém esperava por isso). Ela busca refugiar-se nisso e vai morar no castelo.

Ela, no início não se empenha em cativar ninguém, muito menos o príncipe. Mas, com o desenrolar da estória, tudo vai tomando um rumo diferente.

Eu não contarei muitos detalhes do que acontece no palácio, mas posso avisar que é fácil imaginar! Basta pensar em 34 meninas disputando uma coroa! hahahaha 

Falo 34 porque América não estava lá para conquistar nada nem ninguém pois, durante sua estadia lá, sua família receberia uma quantia significativa e isso era seu incentivo.
Me envolvi neste livro totalmente. Não consegui parar a leitura. Queria saber cada detalhe até o final e por isso, o li rapidamente.

A família de America é muito lindinha! Sua irmã, May é a típica adolescente que festeja tudo. Alegre, viva!!!

Sobre Aspen: nooossa... muito charmoso! Eu gostei dele! Bastante até! E ainda estou dividida entre ele e o príncipe Maxon.

Sobre América: não é uma personagem boba e chata. Ela é inteligente e perpicaz. Gostei dela e ela merece

Sobre Maxon: muito educado e delicado. Seria um homem perfeito. Mas, como isso é utopia... rs

Ainda tenho minhas dúvidas em relação a algumas das meninas que ficaram, inclusive Marlee. Mulher dissimulada é complicado!Acho que ela não é tão boazinha e "nhe nhe nhe" como parece. Já Celeste mostra o que é, por maior que seja o perigo que ela possa representar, é mais fácil saber seus passos. 




3 comentários:

Comentários
3 Comentários
  1. This can be a fun way to help others and also help you get to know those you work with.
    Multi-chat makes fringe a more exciting live-video conferencing app than all others in the i - Tunes store and easily makes fringe one
    of the best apps available for the i - Pad 2.
    Ever see NFL players beat their chest like a gorilla after they just made a good play.


    Have a look at my web page: dating chat

    ResponderExcluir
  2. The app supports i - OS4 multitasking, which
    keeps connections to chat rooms open for 10 minutes after
    the app goes into the background. Generally , people use text to communicate but, it is
    no longer just text that is used; it has become a multimedia
    affair. Rich messaging, emailing, HTML web browser for
    surfing websites make this a hot and desirable phone.


    Look into my blog chatplaza

    ResponderExcluir
  3. Maybe you have thought that and wanted to invent something thwt would make something easy to
    do. It depends upon your ability to geet others to click your affiliate link.

    Free money grants are fund through Federal grants that are carefully monitored.


    Here is my web-site; ways to make money online

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...