Filme #1 - Boys Don't Cry - Meninos não choram

Postado por Gláucia









Saiba como Teena Brandon se tornou Brandon Teena e passou a reivindicar uma nova identidade, masculina, numa cidade rural de Falls City, Nebraska. Brandon inicialmente consegue criar uma imagem masculinizada de si mesma, se apaixonando pela garota com quem sai, Lana, e se tornando amigo de John e Tom. Entretanto, quando a identidade sexual de Brandon vem público, a revelação ativa uma espiral crescente de violência na cidade.
♥ NOTA







♥ RESENHA

Olá! Pessoal!

Eu não costumo falar muito sobre os filmes que eu assisto, mas hoje em especial, precisarei fazer uma pequena resenha deste filme que assisti.

Este filme passou no famoso Corujão da Globo, então vocês imaginam que horas que eu fui dormir.

No início, não sabia que se tratava de uma história baseada em fatos reais e quis saber o que iria acontecer com a mulher que se fingia de homem.

Aiii! Foi triste demais!

Em nenhum momento, foi falado que ela era “lésbica”, apenas apontava como uma mulher com problemas de identidade sexual.

Foi interessante como esta mulher Brandon Teena (interpreta pela atriz Hilary Swank) conseguiu enganar a tantas pessoas, colocando acessórios para tapar os seios, assim como, encher o meio da perna para aparentar ter órgãos genitais masculinos.

Coloco aqui uma foto da atriz para ver como ela realmente parece um homem!

E como realmente é essa atriz:


Impressionante a transformação e interpretação de Hilary. E ela merece o Oscar que ganhou no ano 2000 de melhor atriz graças a “Meninos não choram”.

De qualquer forma, o filme mostra como ela se meteu nessa encrenca toda, com pessoas de índole duvidosa e como começou a se apaixonar por uma menina chamada Lana (interpretada pela atriz Chloë Sevigny), que correspondeu seu sentimento (detalhe: Lana, não sabia que ela era mulher, não no início...).
Até aí, senti uma certa repulsa, pois não sou homofóbica nem nada, mas a outra não sabia que se tratava de uma pessoa do sexo feminino e eu acabei ficando de boca aberta e dizendo a minha TV: Não beija! Não se apaixone! Ela é mulher! Nãaaao! Foi tenso!
Neste filme, a atuação de todos foi ótima, pois senti muita raiva de cada um pelas besteiras que faziam e senti lástima por Lana e Brandon (que seria Teena em realidade).

Enfim, no final mostra como eles descobriram a farsa e foi aí que eu sofri junto com Teena. Fiquei revoltada com Tom Nissen (interpretado por Brendan Sexton III) e John Lotter (interpretado por Peter Sarsgaard).

Esses dois caras eram barra pesada e meio loucos e se mostraram ainda mais ao descobrirem a verdade. Aliás, este ator Peter é ótimo! Ele me deixou com tanta raiva! Que até hoje estou meio comovida com a história de Teena. O cara era um lunático!
Eu não falarei mais sobre a tristeza desta mulher que sofreu bastante, tanto por sua opção sexual e como sua vida se transformou em um inferno. Mas, posso assegurar que me tocou profundamente pelas cenas tão fortes! Afinal, ele é um filme para maiores de 18 anos. Já dá para imaginar só pela classificação etária que o negócio é sério.

Assistam ao trailer (Filme para maiores de 18 anos).





4 comentários:

Comentários
4 Comentários
  1. Eu já vi o filme e realmente achei ele lindo.
    http://leituramagnifica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Seria bom pesquisar antes de sair escrevendo asneira na internet.
    Brandon era um HOMEM TRANS, e não uma "mulher tentando se passar por homem".
    O Filme não mostra a sexualidade dele, e sim sua identidade de gênero.
    Isso só mostra que não conseguiu entender nada sobre o filme.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...