Resenha - Teresa Mummert - White Trash Beautiful

Postado por Gláucia









Cass vive uma vida deprimente em um pequeno parque de trailers em Eddington, Geórgia, com sua mãe e o namorado abusivo Jackson. Ela trabalha duro para apenas sobreviver. Mas tudo muda quando Tucker White, o vocalista da banda Damage, Aparece na lanchonete onde ela trabalha. Ele tenta mostrar a ela que há mais à vida do que a mão que ela sofreu, mas Cass logo descobre que ficar com Tucker custará caro.

♥ NOTA







Skoob

♥ RESENHA

Esta resenha contém SPOLEIRS!!


Hoje, venho apresentar mais uma resenha estilo "Best Book Boyfriends".

Comentaremos sobre White Trash Beautiful.

O livro traz em seu contexto um assunto interessante e que é a realidade de muitos lares no Brasil e no mundo. Lares onde familiares são vítimas e dependentes das drogas.

Cass é uma jovem órfã de pai e poderíamos dizer de mãe também. Quando criança teve uma vida feliz, mas após ser abandonada por seu pai, sua mãe entra no mundo das drogas e é Cass que sofre a consequência de manter a casa (ou melhor, o trailer onde chamam de lar) com suas poucas economias garantidas como garçonete em uma lanchonete.

Ela é sonhadora e pensa no dia em que poderá abandonar aquela vida que leva.

Junto de sua atual desastrosa vida, ela vive com seu namorado, também dependente químico.

O início de seu relacionamento com ele começou ainda criança quando Jackson a protegeu de outros garotos (coisas de crianças). E se tornaram grandes amigos. Ele era uma pessoa boa e carinhosa. Porém, com a dificuldade enfrentada por não conseguir empregos, trabalhar em lugares temporários, depois de adulto Jackson viu no tráfico uma maneira de ganhar dinheiro extra. O que ele não contava é que de vendedor passou a ser usuário. E junto com essa bagagem, veio a personalidade agressiva e violenta.

Constantemente, Cass era agredida por seu namorado enquanto que sua mãe ficava alheia a tudo, pois sempre estava dopada.

Até que um dia! Tcharam! Um jovem bonito, tatuado, fofo e roqueiro (ela não sabia  que ele era cantor) entra na lanchonete onde ela "sobrevive".

Tucker White!

Primeiramente, ela o achou interessante, mas como sempre era assediada pelos homens que frequentavam o local, Cass mantinha uma postura defensiva e agressiva. 

Ela era mal-humorada, infeliz e detestava tudo a sua volta.


Minha opinião:


Eu gostei até uma parte do livro. Cass é muito insegura, reclama o tempo todo (isso é normal considerando a sua vida tadinha) e muda de opinião sobre as pessoas muito rapidamente (isso eu não gostei)!

Como eu falei, sempre estava mudando de opinião e isso no início do livro foi aceitável, porém até o final da leitura da última página ela ainda estava dizendo "ai.. não posso fazer isso, será ruim, não vou" e ia e fazia ou não fazia, ou fazia besteira.

Quando chegava a hora de tomar uma decisão, ela voltava seus pensamentos para o namorado babaca e pensava nele com carinho!

WTF?!?!

Eu quebraria tudo! Vai tomar banho! Eu me irritei profundamente com essa menina e ficaria feliz dela terminar sozinha! Que saco!


Outro ponto negativo do livro, a paixão de Tucker por Cass foi imediata! Primeiro pensei que seria uma aventura legal, mas ele demonstrou tanto carinho e atenção que eu parei para pensar se realmente isso poderia acontecer em nossa realidade fora das páginas de um livro.

Não gosto quando tudo é muito rápido e intenso, acredito que é fogo de palha e desanimo de ler.

Porém, apesar disso, quero ler o segundo livro para saber o que a autora está pretendendo fazer com Cass e Tucker. Acho que não tem motivo para escrever um segundo livro, mas como ela optou por isso, a estória até vale a pena.

O livro não é ruim, foi a Cass que me irritou e se no segundo ela continuar agindo de forma tão infantil (muito infantil mesmo), aí eu vou "largar mão".


Dei nota três porque, como disse anteriormente, foi um livro que me segurou até o final, mas a protagonista e Tucker mesmo apaixonados, não me convenceram tanto pela rapidez que fluiu o sentimento dele, principalmente.




7 comentários:

Comentários
7 Comentários
  1. Oi Gláucia!
    Adorei a sua resenha, ficou muito legal! ;)
    Eu fiquei interessada pelo livro, é um tema pesado , mas me deixou curiosa. Também não gosto de personagens assim como a Cass, me irritam também. rsrsrs
    Fiquei com muita vontade de ler e já ganhou um lugar na minha lista de desejados! ;)

    Beijos!

    Rafa {Fascinada por Histórias}

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As autoras às vezes pecam em fazer uma personagem tão cheia de "vou ou não vou" rs

      E eu sempre digo em pensamento: "vai logo muiéee"! rs

      Abraços

      Gláucia

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Oi Gláucia,
    Eu acredito que a paixão dos dois foi muito rápida também mas o livro foi munto curtinho a autora não mastigou a historia, as vezes da raiva da Cass mesmo, ela e muito besta,mas tem um bom coração.
    Bjss!!!

    Ray

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha! Besta mesmo.

      Eu acho que a autora poderia escrever mais alguma páginas para desenvolver essa história, pois a temática foi boa e eu gosto de contos de fadas modernos!

      Abraços

      Gláucia

      Excluir
  4. naturally like your web-site but you have to check the spelling on quite a few of your posts.
    A number of them are rife with spelling issues and I find it very
    troublesome to inform the truth then again I will certainly come again again.

    Here is my site :: เทลเถื่อน

    ResponderExcluir
  5. Hey would you mind letting me know which hosting company you're utilizing?
    I've loaded your blog in 3 completely different browsers and I must say this blog loads
    a lot faster then most. Can you suggest a good internet hosting provider at a honest price?

    Thanks a lot, I appreciate it!

    Here is my blog; aspergers test for adults

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...