Resenha - Nicholas Sparks - Diário de uma paixão

Postado por Book Lover Brasil









A história começa no início de outubro de 1946 quando dois jovens, Noah Calhoun e Allison Nelson, se conhecem e se apaixonam perdidamente. Tudo parece perfeito, quando a família de Allie a impede de continuar a vê-lo devido a enorme diferença de classe social entre os jovens. Allie e Noah, lutam para levar uma vida normal, mesmo estando distantes. Até que um artigo de jornal muda tudo e reacende um amor há 14 anos adormecido.



♥ Nota





♥ Informações

ISBN: 9788563219206
Editora: Novo Conceito
Páginas: 256
Ano de Lançamento: 2010

Skoob

♥ Comprar

AmericanasFnacExtraSaraivaCompare Preços

♥ RESENHA

Não sou ninguém importante, apenas um homem comum, com pensamentos comuns. Eu levo uma vida comum. Nenhum monumento dedicado a mim. Meu nome logo será esquecido. Mas em um aspecto, eu obtive sucesso como ninguém jamais teve. Amei alguém de coração e alma. E isso sempre foi o bastante pra mim.
(Diário de uma Paixão-Nicholas Sparks)

Bom, eu era louca para ler esse livro, o vi na biblioteca e o engoli, porque é o livro mais famoso do Nicholas Sparks, um autor que eu sou muito fã.

Vamos ao enredo do livro:

O livro conta a história de Allison Nelson e Noah Calhou que se encontram no verão de 1946, em Nova Berna, Carolina do Norte.Eles vivem um lindo romance e são separados por sua condição social, e famílias. Ele vai para guerra e ela continua sua vida, mas sem nunca se esquecerem um do outro.

Anos mais tardes, através de um jornal, Allie resolve reencontrar o seu amado, apesar de noiva de outro.

Eu realmente amei este livro, superou todas as minhas espectativas, o li em dois dias, e chorei e me emocionei, torci.

O amor, o grande personagem de Sparks, continua sendo emocionante. A cada livro, ele é capaz de mostrar que apesar de histórias diferentes, enredos diferentes, pessoas diferentes, o amor é mais poderoso que tudo, basta crer nele.

Noah é o sonho de consumo de qualquer mulher, por ter amado a pequena Allie até o fim, por ter acreditado nela mais do que ela mesmo o fazia.Ás vezes eu tinha a ligeira impressão, talvez por ser em primeira pessoa e narrado pelo Noah, que ele a amava mais do que ela o amava.

É uma história que renova nossas crenças, e nos emociona, em tamanha simplicidade.

Espero que leiam e se apaixonem como eu, e talvez chorem como eu.

Comentem com suas opiniões.







Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...