Resenha - Carolina Aguirre - Encontro às Cegas

Postado por Book Lover Brasil









Lucía é uma mulher de 30 anos, com uns quilinhos a mais, que ganha pouco, mora sozinha e leva uma vida meio sem graça. Sua vida até então monótona (casa, trabalho, casa) muda radicalmente quando Irina, sua irmã mais nova - e perfeita - anuncia que irá se casar. Ela teria ficado superfeliz com a notícia, se não tivesse sido vítima de uma aposta entre sua própria mãe e irmã: convencida de que Lucía será uma solteirona, sua mãe diz que pagará toda a festa se ela aparecer no casamento acompanhada por um namorado de verdade. Morta de raiva, Lucía decide desafiar a "profecia materna". Ela tem sete meses e meio para conseguir um namorado e está disposta a fazer qualquer coisa para isso: sair com colegas de trabalho, resgatar velhos amores, tentar encontros pela internet. Encontro às cegas é um diário de uma mulher sobre uma busca cheia de situações inacreditáveis, porém reais, emocionantes, cruéis e divertidas.


♥ NOTA






♥ Informações

ISBN: 9788502135369
Editora: Benvirá
Páginas: 225
Ano de Lançamento: 2011


Skoob


♥ Comprar

Fnac | Compare Preços

♥ RESENHA


Antes de começar tenho de dizer que me senti pessoalmente ligada a este livro, visto que é uma jornalista, solteirona, com uma mãe louca. Mas, me desculpem o momento divã, voltemos à resenha...

Encontro às cegas é um chick-lit típico com nada de espetacular, nem inovador. É simplesmente previsível. No entanto, para mim, este estilo tem um jeito de auto ajuda reflexivo cativante. A autora argentina Carolina Aguirre soube acrescentar humor à estória, explorando os medos, expectativas, desilusões e mudanças do mundo feminino, perfeitamente. Apesar de que modo de escrita em forma de diário, não me agrada em particular, por não cobrir totalmente a estória.

A Lucía, personagem principal, é uma mulher normal lá para os seus trinta anos e com um péssimo gosto para homens. Se percebe logo isso, pelas escolhas dos pretendentes ao longo do livro. Muitas vezes me peguei pensado como pode haver mulheres que aceitam tantas situações difíceis só para poderem falar que tem um namorado aceitável.

A família dela é totalmente doida e superficial, a mãe dela não a deixa em paz pois ela não tem um namorado, chegando ao máximo de fazer aposta com a outra filha. Os pretendentes que ela arranja ao longo da estória não são, nem remotamente, melhores. Cada sujeito com manias mais estranhas e que muitas vezes só queriam usar ela. Claro que eu tenho o meu pretendente favorito, que não posso contar porque se não estragaria o grande final. Mas ele é a exceção que todas as mulheres procuram pra elas próprias.

Encontro às cegas, explora até onde uma mulher vai para ter um príncipe, sapo, encantado, o efeito da sociedade ainda machista na vida pessoal das mulheres modernas e principalmente as mudanças que sofremos quando chegamos em um ponto decisivo.







12 comentários:

Comentários
12 Comentários
  1. eu gosto muito de chick lits, mas qdo a história é previsível, fica cansativa pra mim e não fico muito animada pra ler.
    eu achei essa capa uma fofura, mas não sei se leria, principalmente pq tem um "que" de autoajuda embutido :p
    Bjokas!

    Flavia - Livros e Chocolate

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Flávia, eu não dou muito certo com os chick lits, apesar de adorar eles... Sempre pego pra ler os que tem um pouco de auto-ajuda. rs

      Excluir
  2. Oiê!!!

    Passando para dizer que indiquei seu blog para uma TAG no meu... (:

    Beijos!! Boas leituras, sempre!!

    http://escrev-arte.blogspot.com.br/2013/05/tag-3-11-coisas.html

    ResponderExcluir
  3. Oi Tuany! Não conhecia o livro, mas sem dúvidas me pareceu ótimo. Chick-lits são muito bons para descontrair, na verdade. Achei a capa fofinha!

    Beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa também me atraiu, foi um dos motivos de eu te-lo comprado na verdade. rs (Para mim chick-lit é leitura de descanso)

      Excluir
  4. Que blog mais lindo ! Meu sonho é fazer um blog de resenhas, literario. rs Mais a coragem é pouca, gosto de ler, mais raramente faço resenhas. Alias amei o livro, adorei a capa dele, acho que compraria ele só pela capa a e esqueceria daquela bobagem "Nunca julgue um livro pela capa" ahasuashsush kiss

    http://ilovestarandbooks.blogspot.com.br/
    seguindo. ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faz sim! As resenhas nos deixa mais críticos na escolha dos livros. ;]
      Olha ás vezes julgar pela capa até que dá certo... E este acho que é um desses.

      Excluir
  5. Olá , passei pela net encontrei o seu blog e o achei muito bom,
    li algumas coisas folhe-ei algumas postagens,
    gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
    quando encontro bons blogs sempre fico mais um pouco meu nome é: António Batalha.
    Deixo-lhe a minha bênção.
    E que haja muita felicidade e saúde em sua vida e em toda a sua casa.
    PS. Se desejar seguir o meu blog,Peregrino E Servo, fique á vontade, eu vou retribuir.

    ResponderExcluir
  6. Eu não sou muito fã de chick-lits justamente pelo enredo ser sempre o mesmo da mulher desesperada por alguma coisa (parar de gastar, casar, etc). Sempre fujo desse tipo de leitura por isso.

    Beijos
    www.leitoraincomum.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernanda, percebi realmente essa tendência nos temas e justamente por isso, não é o meu padrão de leitura... Mas ás vezes a escrita é tão boa que você releva essa parte rs

      Excluir
  7. Oi
    Eu adoro chick-lit, nada melhor pra relaxar , não me importo de serem previsíveis, procuro motivos pra dar boas risadas.
    E esse livro está com uma capa linda, já está nos desejados

    Beijos
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...