Resenha - Suzanne Collins - Jogos Vorazes e Em chamas

Postado por Book Lover Brasil












Após o fim da América do Norte, uma nova nação chamada Panem surge. Formada por doze distritos, é comandada com mão de ferro pela Capital. Uma das formas com que demonstram seu poder sobre o resto do carente país é com Jogos Vorazes, uma competição anual transmitida ao vivo pela televisão, em que um garoto e uma garota de doze a dezoito anos de cada distrito são selecionados e obrigados a lutar até a morte! Para evitar que sua irmã seja a mais nova vítima do programa, Katniss se oferece para participar em seu lugar. Vinda do empobrecido distrito 12, ela sabe como sobreviver em um ambiente hostil. Peeta, um garoto que ajudou sua família no passado, também foi selecionado. Caso vença, terá fama e fortuna. Se perder, morre. Mas para ganhar a competição, será preciso muito mais do que habilidade. Até onde Katniss estará disposta a ir para ser vitoriosa nos Jogos Vorazes?


♥ NOTA







♥ Informações

ISBN: 9788579800245
Editora: Rocco
Páginas: 400
Ano de Lançamento: 2010


Skoob


♥ Comprar

AmericanasFnacExtraSubmarinoCompare Preços

♥ RESENHA

Ai Ai... Na ultima resenha comentei sobre os autores que revolucionam a classe literária, como John Green fez com a ficção YA... Suzanne Collins fez isso, mas mais discretamente. Seria como dizer que Jogos Vorazes, com toda a sua dramaticidade, levou o gênero ao patamar de Sick Lit... Após essa dedicatória, vamos ao que interessa...

Todos aqui já devem ter ouvido falar do livro e do filme... no entanto ainda sim, mesmo tendo ficado tão batido, minha paixão não acaba.

Katniss Everdeen, jovem, guerreira, incrivelmente lerda em alguns momentos. Sim, essa heroína, sem comparações prévias, carrega uma história raramente vista em alguns momentos prévios... Ao perder seu pai nas minas, se vê obrigada a cuidar de sua mãe e de sua irmã, Prim.

Há também Gale e Peeta... Peeta vai junto aos jogos com Katniss e Gale é seu parceiro de caça.

Então chegamos a Capital de Panem, cidade distópica, onde tudo é moderno e estranho. Vemos nesse ponto uma critica a Sociedade atual... Então, no meio das entrevistas, Peeta se diz apaixonado por Katniss...

Não sei como descrever essa parte... Então passemos aos Jogos. 

Katniss passa metade do tempo sozinha, caçando e tentando sobreviver. Até que conhecemos Rue... Essa pequena garota do Distrito 11 faz Katniss se lembrar de Prim, assim sendo formada uma aliança...

Gente, agora vem Spoilers pesados então se você não leu, pare aqui.

Infelizmente, Rue morre... Acho que esse foi um dos momentos mais bonitos que eu já vi...

Katniss fez uma bela homenagem...

Após isso se tem uma intervenção nos jogos e se muda a regra que diz que apenas um pode ganhar, permitindo que ela e Peeta ganhem. Eles se unem, porém Peeta tem um ferimento imenso, que dramatiza a situação... Até porque Katniss começar a gostar de Peeta...

Passa-se situações fofas e dramáticas... no final acabam só os dois, porém a regra é revogada e apenas um pode ganhar... Então o que eles pensam: “Ah a Capital precisa de um ganhador... vamos morrer juntos... eeeeeeeeeeeeee!!!” Obviamente que eles não morrem porque temos mais 2 livros, porém ambos começam uma revolução que será o mote para o 2° livro.

Não classifico esse como um livro introdutório, apenas um começo... Porém nesse é o que vemos mais ação... Os outros têm bem menos ação... Lembrando que os outros são Em Chamas e A Esperança...

OBS.: Achei também na internet a trilha sonora do filme, porém ouvi-la enquanto lê o livro é muito interessante: AQUI.











Depois da improvável e inusitada vitória de Katniss Everdeen e Peeta Mellark nos últimos Jogos Vorazes, algo parece ter mudado para sempre em Panem. Aqui e ali, distúrbios e agitações dão sinais de que uma revolta é iminente. Katniss e Peeta, representantes do paupérrimo Distrito 12, não apenas venceram os Jogos, mas ridicularizaram o governo e conseguiram fazer todos - incluindo o próprio Peeta - acreditarem que são um casal apaixonado. A confusão na cabeça de Katniss não é menor do que a das ruas. Em meio ao turbilhão, ela pensa cada vez mais em seu melhor amigo, o jovem caçador Gale, mas é obrigada a fingir que o romance com Peeta é real. Já o governo parece especialmente preocupado com a influência que os dois adolescentes vitoriosos - transformados em verdadeiros ídolos nacionais - podem ter na população. Por isso, existem planos especiais para mantê-los sob controle, mesmo que isso signifique forçá-los a lutar novamente.


♥ NOTA




♥ Informações

ISBN: 9788579800641
Editora: Rocco
Páginas: 416
Ano de Lançamento: 2011


Skoob


♥ Comprar

AmericanasFnacExtraSubmarinoCompare Preços

♥ RESENHA


“Acredito em você. Isso não importa. Seu estilista revelou-se profético na escolha do seu vestuário. Katniss Everdeen, a garota em chamas, você pode fornecer uma fagulha que, deixada de lado, pode crescer em um inferno que destrói Panem.”

Sim, com essa incrível fala do nosso amado presidente, começamos aqui a resenha de Em Chamas...

Nessa incrível obra, vemos Katniss começar a tomar consciência de seus atos, vê o começo de uma revolução. O livro realmente começa alguns meses depois da ultima cena de Jogos Vorazes... O Presidente Snow fez uma visita a Katniss que a faz acordar para a vida (Da onde saiu a maravilhosa fala acima)... Sobre Peeta foi que ele ficou um chato de galocha, além da relação dos dois agora não passar da formalidade... Porém eles terão que voltar a serem os amantes desafortunados do Distrito 12 durante o Tour da Vitória, evento que consiste passar em todos os distritos para serem lembrados que os Jogos nunca acabam.

Também não podemos nos esquecer do Massacre Quaternário. Eles acontecem a cada vinte e cinco anos, marcando o aniversário da derrota dos distritos com celebrações exageradas e, para diversão extra, alguma mudança miserável nos tributos. Foi em um desses que nosso amado bêbado Haymitch ganhou.

Ah, e obviamente também teremos um casamento nesse livro...

Mas o que dizer desse livro que eu já reli e considero pakas? Em Chamas é aquele livro que você grita, grita, grita, joga na parede, grita mais um pouco e quando acaba diz: Como era minha vida antes disso?

Porém um fato que vi alguns reclamarem é o livro ser muito instável. Eu acho o contrário... a instabilidade que melhora.

Vemos também um envolvimento muito mais perigoso de Katniss com a revolução. Como disse antes, esse livro e A Esperança se passam muito mais no plano político, nos bastidores, do que o 1°.

Decisões são feitas e os futuros começam a serem definidos, levando me a classificar esse livro como preparatório, mas não introdutório...

O Resto é no livro apenas... Resenharei A Esperança assim que terminar de ler... Té Mais (Ah e na próxima eu vou parar de falar tanto incrível e espetacular...)







4 comentários:

Comentários
4 Comentários
  1. Oie :)

    Nossa eu sou apaixonado por essa série, acho que Suzanne conseguiu construir tudo perfeitamente sem precisar se esforçar demais, os personagens são tão reais que dá vontade de se tornar amigo deles, beijos :D

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/ ( comenta lá :D )

    ResponderExcluir
  2. Eu não curto muito esse termo sick-lit :/
    Comprei o box tem quase um ano, mas não me encorajo a tirar da estante pra ler, mas nem tem um motivo específico pra isso.
    Estou me programando pra ler antes do lançamento de "Em chamas", dedicar uma semana só para eles.

    Beijos
    www.leitoraincomum.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Realmente, o termo tem um quê de, além de depressivo, depreciativo, mas acho que isso o torna tão simbólico. ALém disso é uma tática boa, os ler perto do filme, porém, como todo maniaco por livros, os filmes nunca os superam... Matheus

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...