Resenha - Filme - Em Chamas - por Matheus

Postado por Matheus Miranda Souza










Este é o segundo volume da trilogia Jogos Vorazes, baseada nos romances de Suzanne Collins. A saga relata a aventura de Katniss (Jennifer Lawrence), jovem escolhida para participar aos "jogos vorazes", espécie de reality show em que um adolescente de cada distrito de Panem, considerado como "tributo", deve lutar com os demais até que apenas um saia vivo. Neste segundo episódio da série, após a afronta de Katniss à organização dos jogos, ela deverá enfrentar a forte represália do governo local, lutando não apenas por sua vida, mas por toda a população de Panem.



♥ NOTA






♥ Informações

Gênero: Aventura e Ficção
Gravadora: Paris Filmes/Lionsgate
Duração: 147 minutos
Ano de Lançamento: 2013

♥ Filmow


♥ RESENHA


GENTE, GENTE, GENTE... Que filme foi esse afinal? Meu Deus, acho que nunca gritei tanto em um filme só. Vamos por partes. Primeiro que essa cena foi a melhor:



Saber que logo ia começar, foi incrível. O filme começa realmente agitado. Pelo jeito bastam 5 minutos para mostrar drama, loucura, politica, e um beijo de você-sabe-quem com seu "primo". Incrível. Além de agitado, a história se desenvolve relativamente rápida. 20 minutos bastaram para eu estar sem respirar, debulhado em lágrimas.

Adorei a cena do distrito 11. Simplesmente passou toda a tensão necessária. E o velhinho morrendo, AQUILO NÃO FOI DE DEUS.
Incrível também foi a resposta dos distritos aos discursos de Katniss. O ponto máximo foi quando, em um distrito aleatório, o povo foi para cima de Katniss, exigindo que ela falasse o que ela queria, não os discursos da Capital.

Então chegamos ao território "seguro", a Capital (Achei ridículo não terem posto o relógio do Plutarch, tipo, era a dica pra ela). 

Quanto ao Presidente Snow. Primeiro, eu esqueci de falar da hora que ele fala com a Katniss, mas simplesmente ficou f**a. Segundo, que atuação daquele homem. Você se arrepia com ele.

Daí o filme vai dando uma enrolada. Aparece o pedido de casamento mais falso que eu já vi na vida. Esse casamento também só volta a ser citado quase 1 hora depois, ou seja, praticamente inútil. Para quem já leu o livro já sabe o que acontece então, nem adianta comentar.

Retomamos. O que foi aquela cara da Effie ao pegar o nome da Katniss??? Ela, estava chorando???? 

CHORANDO??? Diva, simplesmente isso.

Então temos a entrevista com Caesar. A hora que aquele vestido queimou, só faltava eu pegar fogo junto. Não que o vestido tenha ficado bonito, mas o simbolo, o que se tornou, minha nossa. Agora, a entrevista do Peeta, foi icônica, marcante, simplesmente fantástica. A hora que ele revela o bebe eu falei: Pronto, a revolução chegou a Capital, o povo em pé gritando, chorando. Caesar fica sem reação, e manda Peeta se juntar aos outros.

Eis que então, a menina que deveria ser uma distração, levanta uma merda de um braço junto com a de Clash (Distrito 11) e logo todos os vencedores fazem. E a luz se apaga.
Se eu não tivesse lido o livro, eu teria dito, mano, acabou o filme, a revolução começou e tal, pronto, lindo.
Eu li né, fazer o que?

Então vamos cortar para a Arena. Ficou boa, mas eu nunca gostei muito dela. No entanto eu também chorei com todo mundo na hora que a Maggs morre, e ao ouvir a Prim, na selva. (Eu estou descrevendo rápido, mas na verdade, tudo foi muito rápido. Entre a Wiress falar do relógio, e da Katniss entender, mesmo sem a dica do Plutarch, foram segundos. Também foi assim com o aparelhinho de tirar água).

Acontece toda a história, e o momento icônico é a hora que a Katniss sai da arena, levantada, com os braços abertos, quase como Jesus Cristo. Eu simplesmente não parava de rir.
Então eis o momento que Gale fala do Distrito para ela. Eu chorava, esperneava, espancava, gritava. E assim acaba o filme, com Katniss olhando fixamente para você, tipo a Bella em Amanhecer Parte I.

Bom acho que faltou falar de poucas coisas, então eu vou falar meio aleatoriamente:
-CINNA!!! Por quê??? AHHHHH
-Ver a Rue foi muito ruim, tipo, ruim mesmo
-Tudo bem que a Effie é uma diva, mas que roupas né?
-Johanna tirando a roupa, acho que a cena mais cômica de toda a série
-Cadê os videos dos Jogos do Haymitch?
-Gael ninguém merece né. Por mais que seja interessante sua relação com Katniss, ele simplesmente some depois de 15 minutos de filme.

É, acho que era isso que eu queria gritar aos 4 cantos... Eu sei que ficou grande, mas um filme de 2:30 não se resume em 10 linhas... Té mais...





4 comentários:

Comentários
4 Comentários
  1. Oi Matheus :)

    Eu adorei Em Chamas para mim foi um dos filmes mais fantásticos do ano senão o melhor de todos que tenho certeza que foi hahahaha. Abraços!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Matheus, assisti ao filme sábado e realmente eu como uma boa leitura fiz comparações entre os dois (filme e livro). Fiquei satisfeita com o resultado e espero ansiosamente o último filme!

    Eu me emocionei também! Muitas cenas arrancaram de mim algumas lágrimas e fazia tempo que isso não passava! Se a Effie chorou, eu também chorei! Aliás, eu chorei só por ela ter chorado! rs

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Ah, preciso ver esse filme! Quando estive de viajem, acabei chegando 30min atrasado, então não consegui assistir. E a versão na internet é gravada no cinema, com uma qualidade horrível. É..vai ficar pra 2014, mas com certeza vou ter que assistir, parece ser bem empolgante!
    http://blogliterariopalavrasaovento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...