Resenha - Beth Fantaskey - Como se livrar de um vampiro apaixonado - por Gláucia

Postado por Book Lover Brasil









Jessica Packwood levava uma vida tranquila no interior da Pensilvânia e esperava ansiosamente pelo início do último ano escolar. Seus planos eram se formar e conseguir uma bolsa de estudos para a faculdade, ganhar a olimpíada de matemática e namorar seu colega Jake Zinn.
Mas aí um novo aluno esquisitão (e muito gato) chamado Lucius Vladescu aparece do nada, dizendo que Jessica pertence à realeza vampírica e lhe foi prometida em casamento para selar a união entre os clãs mais poderosos dos vampiros. E de repente Jessica percebe que sua vida está prestes a virar de pernas para o ar.
Para completar, Lucius fica hospedado na casa dela e faz de tudo para conquistá-la e atrapalhar seu flerte com Jake. Com a desculpa de que está fazendo intercâmbio, ele gruda em Jessica na escola e humilha todos os outros alunos da aula de literatura. O romeno esnobe e perfeitinho tira a garota do sério, mas logo começa a se encantar pelo estilo de vida local e arever seus conceitos.
Jessica, por sua vez, vivencia uma importante autodescoberta e sofre uma transformação física e psicológica, fazendo as pazes com o seu passado e chegando a uma encruzilhada: ela deve ignorar o pacto de casamento e tocar sua vida simples ao lado da família e do namoradinho do colégio ou se abrir para uma experiência surreal e se unir a Lucius por toda a eternidade?
Em seu livro de estreia, Beth Fantaskey mesclou humor, fantasia, romance e terror para criar uma história surpreendente. Repleto de tiradas sarcásticas, diálogos divertidos e personagens complexos, Como se livrar de um vampiro apaixonado apresenta uma nova forma de enxergar os mortos-vivos mais atraentes da literatura mundial.
– Estou cansado da sua ignorância. Como seus pais se recusam a informá-la, eu mesmo darei a notícia. – Ele apontou para o próprio peito e anunciou, como se falasse com uma criança: – Eu sou um vampiro. – E apontou para o meu peito.– Você é uma vampira. E vamos nos casar assim que você alcançar a maioridade. Isso foi decretado desde o nosso nascimento.
Não cheguei a processar a parte do “vamos nos casar”, muito menos o lance sobre “decretado”. Eu já tinha me perdido na parte do “vampiro”.
Pirado. Lucius Vladescu é completamente pirado. E estou sozinha com ele num estábulo.
Por isso fiz o que qualquer pessoa sensata faria. Cravei o forcado no pé dele e corri feito louca para casa, ignorando seu grito de dor.
Antanasia Dragomir nasceu na Romênia e, ainda bebê, foi levada para os Estados Unidos, onde recebeu o nome de Jessica Packwood. Ela foi criada pelos pais adotivos numa fazenda e, prestes a completar 18 anos, não vê a hora de começar seu último ano de escola. Jessica acha que tem chances de ficar com Jake, um cara sarado de lindos olhos azuis, mas está insegura. Sua autoestima está lá embaixo depois que ganhou uns quilinhos nas férias, por isso vive se escondendo em camisetas folgadas, jeans surrados e tênis velhos. A nerd apaixonada por matemática sofre bullying da popular líder de torcida e de um gorducho insuportável que a chama de “Pacotão”. Já sua melhor amiga, Mindy, só pensa em garotos e lê todas as dicas de sexo das revistas femininas.
Lucius Vladescu também nasceu na Romênia, mas foi criado lá mesmo, em castelos imponentes e sombrios, por um poderoso clã de vampiros. Sua infância não foi nada fácil e muitas vezes apanhou do tio, que pretendia fazer dele um governante. Lucius recebeu uma educação de alto nível, aprendeu boas maneiras e se tornou um exímio atleta de polo. Aos 18 anos, no auge da fama de conquistador implacável, Lucius recebe a missão de ir aos Estados Unidos buscar sua noiva prometida para se casarem e estabelecerem a paz entre seus clãs.
Quando dois mundos tão diferentes se encontram, conflitos são inevitáveis. Jessica, uma garota pé no chão que só dá ouvidos ao que é racional, não engole a história de que eles são príncipes vampiros destinados a se casarem pelo bem de sua espécie. Ela só quer que o europeu metido a besta a deixe em paz para curtir sua adolescência. Mas Lucius adora um desafio e não vai desistir até conquistá-la.



♥ Nota







♥ Informações

ISNB: 9788599296905
Editora: Sextante
Páginas: 304
Ano de lançamento: 2010

Skoob


♥ Comprar

Saraiva | Submarino | Americanas | Travessa  | Livraria folha  | Comparar preços


♥ Resenha

Minha resenha será breve. Como se livrar de um vampiro apaixonado não é um livro que precise detalhar ou escrever muito para passar a minha opinião.

Não é a primeira vez que o leio. E mesmo assim senti as mesmas emoções. Sem dúvida nenhuma, valeu a pena aproveitar um pequeno espaço de tempo entre um dia e outro para reler este livro e suspirar novamente.

Como disse, não foi a primeira vez que o li e é raro eu fazer isso. Mas, queria me envolver novamente com Jessica Packwood e sua negação ao maravilhoso vampiro Lucius Vladescu.

Estórias de vampiros são tão clichês que a crítica a esse tipo de romance é muito malvada.

Realmente, sempre são as mesmas coisas. O lindo e poderoso vampiro gostosão. A menina inocente que se apaixona depois. Triângulo amoroso para dar um clima todo especial (e clichê), enfim... tudo isso encontramos nestes romances, mas eu AINDA continuo amando este tipo de leitura.

Temos aqui, Lucius Vladescu, um vampiro da Romênia. Lucius está decidido a colaborar com um pacto feito entre sua família e a família Dragomir: casar-se com a princesa. Por isso, ele viaja até os Estados Unidos para corterjar a sua futura esposa.

Porém, este não é o plano que Jéssica está tentada a aceitar, mesmo tendo um cara lindo e elegante "dando em cima" dela.

Um dia, Jéssica era apenas uma garota normal. Em outro se depara com uma realidade mais estranha e maluca que poderia ter em sua vida:o descobrimento sobre seus ancestrais e qual o destino que foi selado para ela quando ainda era bebê: uma princesa de uma das famílias mais poderosas de vampiros. Seu nome de origem: Antanasia que eu só conseguia ler Eutanásia - assustador rs.

Continuo gostando de tudo neste livro. A trajetória desde o primeiro encontro do casal até o final é imprevisível. Sabemos sim, como será o final, entretanto até chegar lá, a senóide que se forma e como os sentimentos variam é o que dá o tchan da estória.

Não é um livro de terror, é ROMANCE. Romance CLICHÊ.

Por isso, se quiser ler um livro gostosinho e leve, este é recomendado. Fica aí a dica.

Continuação:







 Livro 1,5   $$$  












Livro 2   $$$








Observação: minha resenha ficou menor que a sinopse do livro! Hahahaha!

Conheçam: Orelha de livro!





5 comentários:

Comentários
5 Comentários
  1. Gosto muito desse romance, dá pra suspirar bastante *.*
    *Mas não consigo ler a continuação, acho que pelo 1 livro ter terminado muito bem para mim ;/*
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Eu comprei a continuação - Como salvar um vampiro apaixonado, mas pelas críticas o livro é meio paradão. Ontem, tentei começá-lo, mas já estou sem vontade. rs

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi, Gláucia!

    Quero ler esse livro já há um tempinho, será que vou gostar? Pela sua resenha, parece ser muito bom.

    Beijão,

    Natalia Leal
    http://www.paginas-encantadas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este livro é gostosinho de ler, já o segundo comecei recentemente. Espero que seja bom, apesar de ler opiniões não muito legais...

      Beijos

      Gláucia

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...